O Artista chamado Samuel

Vídeo game, computador, celular e qualquer outra coisa que possa chamar a atenção de uma criança de hoje em dia não é algo que o Samuel goste tanto.
Ele “inventou” uma maneira para passar o tempo com prazer e começou a estimular a criatividade fazendo desenhos de Pokemon  em caderninhos já usados.
O trabalho é complicado, ele apaga  todas as escritas do caderno, busca as referências dos personagens  no computador e depois começa os esboços para então colorir, recortar e colar, tudo com muita  simplicidade e uma empolgação que contagia:
“Eu não tenho preguiça de desenhar, pra mim nada e difícil não” 

” Isso aqui é uma arte, artista pode ser muito famoso, eu não quero muita famosidade não, eu só quero trabalho assim sem ser artístico sabe, eu quero ser desenhista em vez de artista.”

Ele ainda dá um conselho sábio para as crianças:
” Olha aí criançada  boneco é besteirinha, desenhar é muito melhor!”

Então, que tal largar tudo e começar a colorir nesse domingo?